quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Foto Memória do Comércio Amapaense: Casa "Santa Maria"

A história do desenvolvimento das grandes cidades, é perpetuada através de pontos ou locais de referência, que servem de elo com suas origens e tradições, revividas na memória de seus antigos moradores.
Um exemplo disso em Macapá, foi a “Casa Santa Maria”, de propriedade do comerciante Eurico Pinheiro de Vilhena, que ficava localizada na esquina da rua José Serafim, atual Tiradentes, com a Avenida Feliciano Coelho, na época, tornou-se um dos principais pontos comerciais da cidade.
O Pioneiro Eurico Pinheiro de Vilhena, nascido em Anajás (PA), em 1910, chegou a Macapá no ano de 1959, com esposa e oito filhos, para trabalhar na área do comércio varejista, adquirindo o ponto comercial, Armazem Nely, de propriedade do Sr. Raimundo Nely de Matos, surgindo assim, em Macapá, a “Casa Santa Maria” (foto acima). 
Com a ampliação do comércio, o Sr. Eurico Vilhena, contruiu um novo empreendimento para os ramos de armarinhos, gêneros alimentícios e bar. 
Como podemos observar na foto abaixo, uma parte superior, serviu de residência da família.
Este empreendimento passou a ser referência, na cidade, como marco de divisão entre os bairros comercial e Trem, conhecido como a "curva da Santa Maria".
Muito contribuiu para o sucesso daquela casa comercial o Sr. Ruy Nascimento Lima (1936-1985), o braço direito do dono do comércio, que acabou assumindo diversas funções no empreendimento e se tornaria genro do Seu Eurico.
(Casa de Eurico Vilhena Filho - Foto: Reprodução / Google)
Naquele espaço da “curva do Santa Maria” ainda “resiste” uma casa, que é habitada por Eurico Pinheiro de Vilhena Filho, seu descendente caçula. Ao lado, apenas um terreno vazio.
Sr. Eurico Pinheiro de Vilhena faleceu em 1980.
Texto: Da professora Ana Maria Vilhena Vieira devidamente adaptado para o Porta-Retrato Macapá. Ana é filha de Seu Eurico Vilhena e mãe do professor Clécio Luís Vilhena Vieira, atual Prefeito Municipal de Macapá.
(Última atualização às 19h)

Nenhum comentário:

Postar um comentário