segunda-feira, 12 de agosto de 2013

As Grandes Damas do Marabaixo

Estas mulheres sempre foram exímias dançarinas do Marabaixo Amapaense. 
As Verdadeiras Damas do Folclore maior do Amapá.
Dona Venina Araújo, na foto acima, e abaixo Dona Felícia e Dona Dulce Moreira. 
Dona Venina e Dona Dulce já estão na eternidade. Mas Dona Felícia, com idade avançada, continua com sua simpátia no bairro moreno do Laguinho, em Macapá.
(Fotos reproduzidas do acervo do amigo Paulo Tarso Barros)

domingo, 11 de agosto de 2013

Banheiros Públicos para a população

(Reprodução de arquivo)
Foto de 1953 - Inauguração do Banheiro Público, construído pela Administração Territorial. Localizava-se na Rua José Serafim (hoje Tiradentes) entre as Avenidas Mendonça Furtado e General Gurjão(Bairro Alto). Outros dois banheiros como os da foto foram construidos nos bairros do Laguinho(área hoje ocupada pela Rádio e TV Equatorial), e do Trem (Av. Feliciano Coelho) ...
Esta foto de 1950 mostra onde funcionava o poço público do bairro do Trem, onde depois funcionou a sede dos Rinhadeiros de Macapá.
Este prédio era o Banheiro Público do bairro do Trem – Av. Feliciano Coelho
... que depois tranformou-se em rinhadeiro e posteriormente foi ocupado pela família do Sr. Luiz, alfaiate, que reside no local, até hoje.
(Post repaginado em 2013)

sábado, 10 de agosto de 2013

Lançamento da Associação Comercial e Industrial do Amapá

Padre Jorge Basile benze o local onde foi lançada a pedra Fundamental da Associação Comercial e Industrial do Amapá, em 26 de setembro de 1945.
A solenidade foi assistida por comerciantes e convidados da época entre eles: Half  Balout, Sr. Raimundo Silva, Sr. Otaciano Pereira, Capitão Euclides Rodrigues, Sr. Manoel Tavares Pinheiro, entre outros não identificados. Também presentes Sr. Veridiano Souza, Sr. Manoel Santos entre outros não identificados.


Fonte: Revista Perfil dos Poderes do Estado do Amapá.

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Os Primeiros Cinemas de Macapá

Os primeiros filmes começaram a ser exibidos em Macapá, por iniciativa do Padre Júlio Maria Lombaerd em 1918, através do Cine Olímpia.  
No entanto, a primeira sala de projeção da cidade foi o Cine Territorial, construído e inaugurado em 1944 por Janary Gentil Nunes, primeiro governador do Amapá.
Na década de 50 a Prelazia de Macapá instalou salas improvisadas  em barracões, que a juventude do centro da cidade e do bairro do Trem assistia semanalmente aos seriados de seus ídolos preferidos.
Depois  surgiu o Cine Trianon, de propriedade  de Guilherme Cruz, que funcionou por pouco tempo na velha sede do Trem Desportivo Clube. 
Na primeira metade dos anos 60, o empresário Guilherme Cruz inaugurou o Cine Macapá, na Avenida Raimundo Álvares da Costa, no centro da cidade.
Em 1965, a prelazia de Macapá anunciou a inauguração do Cine João XXIII, extinguindo as sessões de domingo nos barracões paroquiais.
No ano seguinte foi inaugurado o Cine Paroquial no bairro do Trem.
Com  o fechamento do  Cine João XXIII, no início dos anos 70, entraram em funcionamento o Cine Orange, Cine Ouro e Cine Imperator, que exibiam filmes de segunda categoria.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Amapá no 8º Campeonato Juvenil de Basquete

Lembrança do Amapá no 8º Campeonato Juvenil de Basquete realizado em Guaratiguetá - São Paulo, em 1955.
Em pé a partir  da esquerda: Tinilo, Aimoré, Uriel, Zé Maria, Coutinho (filho do Sr. Ubirajara).
Agachados no mesmo sentido: Savino, Leandro Costa, Álvaro, Luiz Lavor.
(Foto compartilhada pelo casal amigo Fátima e Sebastião Leitão)

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Primeira Miss Macapá - 1945

Rita de Matos Costa - Miss Macapá 1945 - casou com Newton Nunes. Rita faleceu em Campinas em 2012.
Foto tirada na frente de Macapá. Ao fundo o velho trapiche Eliezer Levy.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Festa de Casamento em Macapá

Festa de casamento da Rita de Matos Costa com Newton Nunes.
A partir da esquerda: Dona Miraci (esposa do Sr. Alamiro Souza), Dona Maria de Matos Costa (esposa do sr. Luiz Pires da Costa), Chandoca, Sr. Luiz Pires da Costa (dono da antiga Casa das Cordas), Rita (noiva) de Matos Costa, Newton Nunes (noivo), Sr. José Porpino;  na frente deles - junto ao bolo os menores - Leandro e Fátima de Matos Costa (casou com Sebastião Leitão), Dona Rorita (mãe do Sr. Alamiro), Sr. Elói Nunes, Júlio Nunes, Dona Anita, Edmilsan (primeira rainha dos estudantes de Macapá), Sr. Alamiro Souza. A garota junto à mesa é Ronele, uma das filhas do Seu Alamiro e Dona Miraci.

(Foto compartilhada pelo casal amigo Fátima e Sebastião Leitão. Ela é filha do Sr. Luiz Pires da Costa.)
(Post atualizado em 06/08/2013)

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

A tradicional Família Tavares

Estes são membros da Família Tavares - uma tradicional família de Macapá. Filhos de José Rosa Tavares e Maria do Carmo Tavares.
A partir da esquerda: Estão a frente: Jangito (sentado), em pé: Ana, Quitéria, Lourivalda (Lurica-já falecida) e Tereza.

Atrás estão:  Biló, Joanice, Zeca Tavares e Faustino (já falecido).

sábado, 3 de agosto de 2013

Um papo regado a Chope

A registro fotográfico abaixo - feito pelo repórter fotográfico Samuel Silva - foi publicado pelo Jornal Diário do Amapá, em 1997.
A legenda (original) da foto informa que o encontro  transformou o local num "Escritório do Chope", onde amigos confabulam sobre jornalismo e negócios num ambiente climatizado...
Nas imagens a partir da esquerda: os jornalistas Luiz Melo e Hélio Pennafort conversam com o economista Gilberto Semblano e o jornalista Jorge Ernani. 
Hélio Pennafort e Jorge Hernani, já são falecidos.
Foto compartilhada com o blog, pelo amigo Paulo Tarso Barros. 

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Pioneiros da Administração Municipal de Macapá

Funcionários da Prefeitura Municipal de Macapá.
A partir da esquerda: Janari Salgado, Dona Terezinha Machado e, à direita Antônio Menezes (Jabá).
Na mesa Sr. Raimundo Oliveira Alencar.
A outra funcionária da imagem, não foi identificada.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Um Baile no Aeroclube de Macapá

Um registro fotográfico raro, do acervo do amigo José Façanha, gentilmente compartilhado com o Porta-Retrato, relembra um dos concorridos bailes nos salões do Aeroclube de Macapá, nos bons tempos do Território Federal do Amapá.
Entre os elegantes cavalheiros no salão, conseguimos reconhecer o professor Geraldo Magela (à esquerda), jornalista Alcy Araújo (de óculos) e à direita da imagem o Antônio Carlos Brito Lima. Nas mesas, o gostoso Flip Guaraná. 
Bons tempos, mesmo!!!