domingo, 14 de junho de 2015

Álbum de Memória: Dr. Armando Limeira de Andrade - Família Reunida!

(Foto: Reprodução de livro)
O Pioneiro Armando Limeira de Andrade nasceu no Município de Amapá, no dia 19 de maio de 1911, filho de Noé Xavier de Andrade e D. Maria Limeira Andrade, comerciantes, fazendeiros e família de respeitável liderança na região.
Cedo foi estudar em Belém, fazendo o curso primário no Instituto Poliglótico Rui Barbosa, o secundário no Colégio Nazaré e o Curso Superior na Faculdade de Odontologia da Universidade do Pará, recebendo o diploma de odontólogo no ano de 1932.
Retornou para a cidade do Amapá, sua terra natal, onde montou o seu gabinete, passando a exercer a profissão de dentista autônomo. Com a criação do Território Federal do Amapá, aceitou o convite do governo e passou a trabalhar no Posto Médico daquela cidade.
Participou de campanhas de higiene bucal, visitando as comunidades, integrando-se às caravanas médico-odontológicas no interior do Território. Em 1957 foi transferido para o Hospital Geral de Macapá e nesse mesmo ano a Diretoria do Centro de Estudos "Dr. Lélio Silva" lhe conferiu o Diploma de Sócio Efetivo.
Participou do 1º Congresso Nortista de Odontologia realizado em Macapá, no ano de 1958. Foi pioneiro do SESI onde trabalhou no período de 1960 a 1964 e 1970 a 1973, exercendo a chefia dos Serviços de Higiene Dentária.
Em 1964 recebeu o diploma de Honra ao Mérito por seus trabalhos relevantes como o "melhor dentista do ano" e foi homenageado pela Câmara de Vereadores do Município de Amapá.
Fazia parte do Lions Clube de Macapá; era sócio do Vera Cruz Esporte Clube no Amapá, do Trem Desportivo Clube em Macapá, do Aeroclube de Macapá, participando de suas diretorias.
Em Belém, quando acadêmico, foi atleta de natação e remo pelo Paisandu Esporte Clube.
Em 1978 participou do Curso Intensivo de Pré-Câncer e Câncer da boca, patrocinado pelo Ministério da Saúde.
Contribuição dos amigos Asdrúbal e Deuzuite
Casou-se com a jovem Emília Del'Castillo
Andrade que lhe deu os filhos Emanuel, Maria Emília, Maria Lúcia, Asdrúbal, Elias, Paulo Armando, Ana Bárbara, Vitória Régia e Moema. Emanuel e Elias faleceram, ainda bebês.
 Foto tirada provavelmente entre 1956/1957,  na sala da residência do Dr. Armando
e Dona Emília, 
na    Av. Iracema Carvão Nunes, em Macapá.
Informação de Márçio Andrade.
Sentados ao sofá Dona Emília e Dr. Armando Andrade(falecidos); da esquerda para a direita, em pé: Vitória Régia, mora em Taubaté/SP; Asdrúbal, vive em Sobradinho/DF;  Ana Bárbara, mora em Brasília/DF, Maria Emília, no Rio de Janeiro; Maria Lúcia, em Campinas/SP; Paulo Armando, vive em João Pessoa/PB  e Moema, em Belém/PA.
Dr. Armando Andrade, aposentou-se no dia 20 de fevereiro de 1981 e veio a falecer no dia 26 de abril de 1993.
Dr. Armando de Limeira Andrade foi um grande nome na história do Amapá.
(Fonte: Livro Personagens Ilustres do Amapá Vol. II, de Coaracy Barbosa - edição 1998).

(Post publicado originalmente em 5 de maio de 2011, repaginado em 14 de junho de 2015 e reeditada com atualizações)

SOBRE DONA EMILIA: "Dona Emilia,prestou relevantes serviços à Educação nas cidades de Amapá e Macapá. 
Era uma pessoa maravilhosa e muito amiga.
Educada, compreensiva, tranquila, uma perfeita anfitriã.
Esposa dedicada, fez do magistério e da educação dos filhos, sua verdadeira razão de ser.
Nasceu no dia 28 de maio de 1916, na cidade de Amapá e faleceu em 30 de janeiro de 2010, em Brasília/DF" (Depoimento de sua nora Deuzuite Andasse, casada com Asdrúbal Andrade.)

9 comentários:

  1. Como neto, fico feliz em ver essa homenagem ao vovô Armando. Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Prezado João Lázaro, assim como Paulinho, fico feliz em ver esta homenagem ao nosso querido avô Armando. Grato. Márcio José

    ResponderExcluir
  3. Parabéns João Lázaro, pela linda homenagem feita a uma pessoa tão querida. Deus te abênçõe. Sandra

    ResponderExcluir
  4. Minha sogra,Profa. EMILIA,prestou relevantes serviços à educação nas cidades do Amapá e Macapá.
    Era uma pessoa maravilhosa e muito amiga. Educada,compreensiva,tranquila,uma perfeita anfitriã.
    Esposa dedicada,fez do magistério e da educação dos filhos,sua verdadeira razão de ser.
    Nasceu no dia 28 de maio de l916,na cidade de Amapá e faleceu 30 de janeiro de 2010 em Brasília DF.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada João Lázaro !
    Sou filha do Asdrúbal e da Deuzuíte.
    Eu, como neta e muito honradamente homônima de minha avó, companheira de todas as horas dele,além de grande professora, mãe e mulher, fico emocionada pelo reconhecimento dos trabalhos de meu avô, assim como pela homenagem à sua memória.
    O Amapá merece mais homens que, como ele, façam a diferença...
    Amanhã, dia 19 de maio de 2011, ele completaria 100 anos !

    ResponderExcluir
  7. João Lázaro, bela e merecida homenagem. Faço votos de prosperidade a esse trabalho tão importante para a memória do Amapá e do Brasil, firmado por seus filhos que deixaram registradas suas passagens pelos gestos e atos de cidadania, justiça e propagação da dignidade humana, como certamente é o caso de meu querido avô e saudosa avó, Armando e Emília. Paz e Luz!

    ResponderExcluir
  8. João Lázaro, eu como neta de Paulo Armando e bisneta de Armando mesmo não tendo o conhecido pelo que me falaram ele foi um homem muito bom e honrado tando pela familia e amigos e tanto pela sociedade fico muito feliz e agradecida pela homenagem e o carinho que foi dado. Ana Paula

    ResponderExcluir
  9. Maria Emília Andrade18 de junho de 2015 14:45

    Meus agradecimentos ao João Lázaro, pelas fotografias, pelas palavras elogiosas de todos os amigos, que foram postadas no Memorial do Amapá.
    palavras verdadeiras, porque meu pai foi realmente um homem do bem!
    foi um casal que deu certo!
    minha mãe, um ser humano maravilhoso! por ela, a vida em nosso lar aconteceu de uma maneira muito feliz! pra mim, ela foi a fonte da Fé, do Amor e da Bondade! pra eles, eu só tenho a agradecer e procurar seguir os seus ensinamentos...
    as saudades são eternas e a recordação da vida feliz que tivemos juntos também.
    Que eles estejam felizes na eternidade!

    ResponderExcluir