terça-feira, 12 de abril de 2011

Sr. Jacy Barata Jucá: Personagem Ilustre do Amapá

(Foto: Reprodução/Arquivo)
Personagem dos mais ilustres de Macapá, Jacy Barata Jucá nasceu no dia 11 de novembro de 1904, terceiro filho do casal Coronel Coriolano Filnéas Jucá e D. Euthália Barata Jucá e o décimo terceiro dos 20 filhos que o Coronel teve com 4 esposas.
Jacy foi criado no regime de uma disciplina severa, estudando nas escolas de Macapá e posteriormente foi cursar odontologia em Belém. Foi convocado para o Exército no dia 30 de setembro de 1929.
Participou da Revolução de 1930 e foi ferido em combate por um estilhaço de granada que o fez perder o polegar da mão direita. O acidente provocou sua transferência para a reserva no posto de primeiro tenente. Casou-se com D. Alice Araújo Jucá em 16 de julho de 1935 e, após a lua-de-mel retornou à Macapá. Jacy resolveu entrar na área de comércio e foi se estabelecer no "Riozinho", Município de Afuá, abrindo as portas da "Casa Niterói". Convidado pelo Major Moisés Eliezer Levy, vendeu o comércio e assumiu o cargo de secretário da Prefeitura de Macapá em maio de 1942, acumulando o cargo de Prefeito pelas constantes viagens do titular para Belém, licenciado para tratamento de saúde. Com a transformação do Amapá em Território Federal, Eliezer Levy chegou à Macapá com o Governador do Pará e comitiva para receber o capitão Janary Gentil Nunes e assistir à solenidade de posse no dia 25 de janeiro de 1944. O capitão Janary devotou uma grande afeição a Jacy Jucá, nomeando-o chefe do gabinete; prefeito de Macapá em 26.09.19-1-5; indicou seu nome para o cargo vitalício de tabelião de notas da Comarca de Macapá, nomeado pelo Ministro da Justiça, mas essa nomeação foi contestada pelo fato de Jacy ser militar reformado. O Governador acatou o recurso, cientificando a justiça, sugerindo o nome da esposa de Jacy, D. Alice de Araújo Jucá, aceita e nomeada pelo Ministro da Justiça. Jacy teve uma atuação marcante nos principais eventos de Macapá, destacando-se: primeiro Vice-Presidente do Esporte Clube Macapá em 1944, presidente do conselho Deliberativo 1946 e presidente do clube em 1948; membro fundador do Rotary Clube de Macapá no ano de 1944 e presidente em 1952; membro fundador do Aero Clube de Macapá, membro da sociedade religiosa dos vicentinos; Prefeito de Macapá nos períodos de 21.09.45 a 14.06.1948 e de 12.12.1962 a 07.02.1963.
Presidente da Companhia de Eletricidade do Amapá, Presidente do Conselho Deliberativo. Membro de destaque na política, fundou o PSD, sendo eleito presidente do Diretório por diversas vezes. Apoiou firmemente o Deputado Coaracy Nunes e Hildemar Maia nas eleições para Deputado Federal e Suplente. Foi amigo e conselheiro dos governadore Janary Nunes, Teodoro Arthou, Raul Montero Valdez, Amílcar da Silva Pereira, Mário Luiz Barbosa, Pauxy Gentil Nunes e Terêncio Furtado de Mendonça Porto, merecendo o respeito e a admiração dessas autoridades. Jacy Barata Jucá transferiu-se para a cidade de Belém, no final da
década de 80, e assistiu pesaroso ao falecimento de sua esposa no dia 29 de abril de 1990, depois de mais de 65 anos de casados.
(Fonte: Livro Personagens Ilustres do Amapá Vol. I, de Coaracy Sobreira Barbosa - 1997)

Um comentário: