quinta-feira, 7 de junho de 2012

Grupo Escolar Barão do Rio Branco

(Reprodução)
(Foto 1 ) - 1946 - Inauguração em 13 de setembro de 1946, do Grupo Escolar Barão do Rio Branco, a primeira escola de alvenaria de Macapá.
Sua primeira denominação foi Grupo Escolar de Macapá.
Nesta escola também funcionou o 1º cinema oficial de Macapá, o ex-Cine Teatro Territorial.
(Foto do Acervo/Coleção Digital/IBGE)
(Foto 2) - Aspecto da Praça Barão do Rio Branco no ínício dos anos 50, ainda sem arborização. Ao fundo o prédio do Barão do Rio Branco e da Escola Industrial de Macapá, à esquerda da imagem.
(Foto: Reprodução / Acervo digital IBGE)
(Foto do Acervo/Coleção Digital/IBGE)
(Foto 3) - Veja como era a Av. FAB em frente ao Grupo Escolar "Barão do Rio Branco", no início dos anos 50.
(Foto: Reprodução/IPHAN)
(Foto 4) - Praça ainda sem arvores.
(Foto: Reprodução / acervo particular de Sarah Zagury)
(Foto: Contribuição da amiga Sarah Zagury)
(Foto 5 - Nesta outra foto já aparece a arborização da praça.
(Foto: Reprodução/Acervo Histórico do Amapá)
(Foto 6) - 1969 - Alunos em frente ao prédio do Grupo Escolar Barão do Rio Branco.
(Foto: Reproduzida do blog do Fernando Canto)
Foto 7 - Fachada do Grupo Escolar "Barão do Rio Branco.
(Foto: Reprodução)
(Foto 8) - 1978 - Em primeiro plano o anexo do Grupo Escolar Barão do Rio Branco localizado na lateral esquerda do estabelecimento para o lado da Rua Cândido Mendes. Nesse anexo funcionou, (salvo engano), o Serviço de Administração Geral do ex-Território Federal do Amapá. Quem souber pode confirmar nos comentários.
(Foto: Reprodução)



(Foto 9) - 1988 - Em primeiro plano vista lateral da área esquerda do prédio do Barão do Rio Branco com o anexo onde funcionou o Jardim de Infância. Em seus primeiros anos o Colégio Amapaense, funcionou nas salas do Barão, no horário noturno, até 1952, quando foi transferido para seu prédio próprio na Praça da Bandeira. Observe que o muro ainda era original e o leito da Av. Fab estava todo irregular.
(Foto: Reprodução)

(Foto 10) - 1978 - Mostra uma tomada da lateral direita do Grupo Escolar Barão do Rio Branco.

(Repaginado em 30/11/2011)

12 comentários:

  1. A observar também os bancos de concreto da praça; a grande arvore por tras do Barão devia ser a imensa mutambeira; em frente ao prédio da Escola, uma arvore de Pau Brasil que foi plantada qdo eu estudava la entre 61 e 65.
    João Lazaro, se não me engano a SAG funcionou ai mas também funcionou (SAF) no prédio do antigo Conservatorio Amapaense de Musica, onde hoje é o Tribunal de Justiça; Lembra? Nos anos 70,a administraçao do pessoal estava nas mãos dos srs Sepeda e Miraci Neves.

    ResponderExcluir
  2. Sobre o SAG, falei sobre isso na foto 4.

    ResponderExcluir
  3. Olá, João. Estamos de volta. Falar da Escola Barão do Rio Branco me traz gratas lembranças. Foi nela que eu e meus irmãos completamos o antigo curso primário. Em 61, no 4º ano fui escolhido pelanossa profa.Teresinha Del Castillo para organizar uma pequena biblioteca para a nossa sala de aula. Fiz a coleta que deu para comprar mais de vinte livros, de variados assuntos. No dia que chegue com os livros foi uma festa na turma. Nesse mesmo ano ganhei um concurso entre alunos, organizado pela diretora, a inesquecível Prof. Graziela Reis de Souza. Meu tema foi a vida heróica do cacique Ajuricaba.O trabalho que ficou em 2º lugar foi sobre o Almirante Barroso. E no final do ano fui eleito pela turma para ser o orador da turma na cerimônia de encerramento do ano. Não dá para esquecer.

    ResponderExcluir
  4. eu sou cadêmico de história e estou procurando imagens e assuntos sobre os antigos cines macapá, orange e paroquial.

    ResponderExcluir
  5. Tenho apenas 29 anos, mas confeço que fiquei encantado com este blog, muito obrigado pela oportunidade de conhecer a verdadeira história com fotos que comprovam.

    ResponderExcluir
  6. Nossa maravilhada em ver através das fotos, parte da história de nossa Macapá, história que o tempo aos poucos esta apagando para o futuro de nossos amapaenses. Esta escola, em pouco tempo devera ser esquecida, porém se pucesse-mos fazer algo para que esta escola fosse TOMBADA COMO PATRIMONIO HISTÓRICO, seria o máximo, sou acadêmica de Arquitetura e gostaria de escrever sobre a praça à frente desta escola. Obrigado pela oportunidade de ver as fotos. Iris

    ResponderExcluir
  7. Ok Huan e Iris, obrigado pela visita.
    Que bom saber que voces gostaram das informações aqui contidas.
    A proposta do blog é esta mesma: resgatar em fotos um pouco da história e da memória da cidade de Macapá e outras regiões do Amapá.
    Voltem sempre!
    grande abraço

    ResponderExcluir
  8. Muito legal, no entanto precisamos encontrar as fotos do Grupo Alexandre Vaz Tavares onde estudamos. Sarah Zagury

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Tive a felicidade de estudar no jardim de infância do Barão do Rio Branco nos anos de 1969/70. Bons tempos em que a turma na hora do recreio se reunia e brincava na praça em frente ao colégio.

    ResponderExcluir
  11. essa escola e muito antiga mais e demais eu sou a emanoeli e ja estudei la baibai bjs para todos que estudam la

    ResponderExcluir
  12. Minha vida de estudante, desde o jardim da infancia e primario, nos anos 60, foram no Barão do Rio Branco, uma maravilha e muitas saudades.Heraldo Amoras

    ResponderExcluir