quinta-feira, 21 de junho de 2012

Do Fundo do Baú: Bons tempos do Colégio Amapaense

Nosso amigo e confrade Ernani Marinho Ferreira, tirou do fundo de seu "baú de lembranças" e compartilha conosco, esta relíquia fotográfica(dos anos 60) de estudantes do Colégio Amapaense, todos eles membros da diretoria do Grêmio Literário e Cívico ¨Ruy Barbosa¨, organizados à semelhança de time de futebol, em frente ao salão de festas da piscina territorial, numa manhã de domingo.
Da esquerda para a direita, em pé: Iranildo Trindade Pontes (falecido), Laércio Monteiro, Edemburgo Almeida (falecido), José Maria Cunha Nery, Ernani Marinho e Francisco Quintela. Na mesma ordem, agachados: Abemor Coutinho (falecido), Pedro Assis Azevedo, José Borges Tavares Filho, Augusto Monte de Almeida e Guioberto Alves (falecido).

Adequação - Desde o final dos anos 40 até 1964, existiram em Macapá os Grêmios Literários e Cívicos, nas escolas de segundo grau.  Na Escola Normal (ex-IETA) funcionava o GLC “Barão do Rio Branco”; na Escola Técnica de Comércio (ex-CCA - atual E.E. Gabriel de Almeida Café) o GLC “Dr. Acilino de Leão” e no Colégio Amapaense o GLC “Ruy Barbosa”.
Referência  Histórica - O Grêmio Ruy Barbosa foi fundado em 12 de março de 1949.  Congregava alunos do Ginásio Amapaense (primeira denominação do Colégio Amapaense).  A primeira diretoria foi constituída pelos pioneiros José Raimundo Barata (Presidente), Mário Quirino da Silva e Edilson Borges de Oliveira. A posse ocorreu em 24 de março, em solenidade no Salão Nobre da Escola Profissional Getúlio Vargas  (antigo GM / Escola Industrial de Macapá e atual Escola Integrada de Macapá). (Fonte: Edgar Rodrigues)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Foto Memória de Macapá: Pioneiros de Macapá

Trazemos para o Porta-Retrato foto compartilhada pelo amigo Luiz Pessoa, com imagens de um evento social e esportivo, no início dos anos...