quarta-feira, 5 de março de 2014

O Pioneiro Antonio Barbosa, da Vacaria

Antonio Barbosa nasceu na Bahia em 1910. Filho de João Rodrigues de Novaes e Maria do Carmo Barbosa dos Santos.
Era casado com Benedita da Silveira Barbosa com quem teve dez filhos. Chegou ao Amapá em 1954 e estabeleceu-se em Santo Antônio da cachoeira do Jari, onde gerenciou um projeto para uma empresa de portugueses, cuja sede era em Belém(PA). Em Santo Antônio da cachoeira do Jari, Antonio Barbosa construiu uma estrada rudimentar ligando o centro de produção da castanha e seringa. Sendo conhecedor e amante da agricultura, desenvolveu em toda área  o cultivo de milhares de mudas de seringueiras, cacau e pimenta do reino. Construiu também um porto para o navio cargueiro de grande porte de nome "Sobralense", com a finalidade de possibilitar o transporte fluvial dos produtos e passageiros até Belém (PA), (na época o Rio Jari era navegável até na cachoeira do mesmo nome). 
Em 1957, Antonio Barbosa mudou-se, com a família para Macapá, onde dedicou-se à criação de gado  em um lugar, na época,  longe do perímetro urbano que passou a ser conhecido como Vacaria do Barbosa,  hoje Bairro de Santa Inês. Na missão de abastecer a cidade com leite e derivados, "seu" Barbosa contou com baluartes importantes da família como seus filhos mais velhos Paulo, Rui e José Barbosa (todos falecidos) e Aparecida Barbosa(também falecida). Aparecida trabalhou ainda,  na secretaria do Colégio Amapaense por mais de 30 anos. Anália e Iraci Barbosa, também filhas de "seu" Antonio, foram alunas de acordeom do Mestre Oscar Santos e depois professoras de música do antigo Conservatório Amapaense de Música(hoje, "Walkíria Lima"). Dos filhos mais novos aparecem Regina e Valdeci Barbosa(professor de Educação física); o engenheiro Antonio Barbosa (falecido); e Rubenita Barbosa, que é engenheira civil  e atualmente trabalha no CETRACI/Ap; RubenitaBarbosa Morais é casada com o Administrador e ex piloto-instrutor do Aeroclube do Pará, Antônio Mário Morais.
As irmãs, Anália e a Regina moram em Macapá e a Iraci mora em Belém (PA). Todas já estão aposentadas.
"Seu"Antonio Barbosa foi vereador nas duas primeiras legislaturas da câmara municipal de Macapá; foi presidente e fundador da Cooperativa Mista Agropecuária do Amapá; presidente da Associação Rural de Macapá e teve sua criação de gado premiada em todas exposições de animais em que participou. A sua esposa e companheira Benedita da Silveira Barbosa chamada carinhosamente de Dona Bené, coordenava a distribuição de leite da Vacaria e, muito cedo do dia, já recebia os fregueses sempre com um sorriso de boas vindas.
Dona Benedita da Silveira Barbosa era natural de Glicério (SP) e faleceu em Macapá no dia 5 de março de 1999 com 87 anos de idade. Portanto, há 15 anos.
Seu Antonio Barbosa, faleceu em 1996, em Macapá e está sepultado junto com Dona Benedita e  os filhos, em um jazigo da família, no cemitério de Nossa Senhora da Conceição, no Centro - o mais antigo da cidade.
Esta foto, tirada em 26 de agosto de 1962, é o registro histórico de um evento realizado no interior da residência da família Barbosa, na antiga Vacaria, por ocasião do aniversário de um aninho da Francelizi, a criança que está no colo de Dona Benedita, irmã gêmea de Fransuizi, netas do casal.

O blog Porta-Retrato localizou as duas, via Facebook: Fransuizi Portillo, é casada e reside atualmente em Jaraguá do Sul, Santa Catarina e Francelizi Colares, também casada, reside na cidade de Santana/AP.

Entre os convidados ilustres, a partir da esquerda: Dr. Mário de Medeiros Barbosa (governou o Amapá apenas dois meses - setembro a outubro de 1961); o senhor de cabelos brancos atrás dele, lembro do rosto mas não recordo o nome; o de bigode - sorridente - que vem a seguir, é o Dr. Dalton Cordeiro Lima(foi Deputado Federal, 1964-1965 pela UDN-AP); o jovem senhor ao lado dele também não me é estranho mas, realmente, não consegui lembrar quem seja - pensei num primeiro momento ser o Sr. Mário Paes, que foi gerente do Banco do Brasil, em Macapá, mas não tenho certeza; em seguida estão "seu" Barbosa e Dona Benedita (com a criança); e os últimos à direita, Governador Janary Nunes e sua segunda esposa Sra. Alice Déa Carvão Nunes (ela reside no Rio de Janeiro).

Fonte: Biografia e fotos(álbum da família) com informações(legenda) do professor Valdeci Barbosa (filho do biografado), diretamente de Barra Mansa - Rio de Janeiro, via e-mail, a quem agradecemos a prestimosa colaboração.

Nota do Editor: Se alguém conhecer os senhores não identificados, e quiser colaborar com o blog, por gentileza nos informar por e-mail - jolasil@gmail.com - ou deixar um comentário.

Observação: O nome (próprio) do Sr. Antonio Barbosa não leva o acento circunflexo.
Última atualização em 06/03/2014,  às 22 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário