segunda-feira, 2 de julho de 2012

Professora Aspásia: Personalidade da Educação do Amapá

Professora Aspásia Stela Marinho Alves - que por 32 anos foi dedicada servidora do magistério amapaense - chegou em Macapá, proveniente de Chaves, sua terra natal, no dia 12 de fevereiro de 1946 a bordo do barco “Recife”, que atracou no Trapiche Eliezer Levy às 14 horas.

Aspásia Stela Marinho Alves, filha de Waldemar da Silva Marinho e Raimunda Neri Marinho,  nasceu no dia 25 de maio de 1922.
Casou-se a primeira vez, antes de ir para Macapá, com Horácio Mendes Ferreira (falecido), com quem gerou os filhos Horácio Marinho Ferreira (fotografo) e Ernani Marinho (jornalista); já em Macapá, viúva, casou com Ben-Hur Correa Alves (falecido), com quem gerou os filhos: Stela Alves Furtado (falecida), Maria José Marinho Alves, Carlos Hamilton Marinho Alves, Roberto Marinho Alves e Tereza Norma Marinho Alves.
Quando chegou em Macapá já era professora, pois lecionara no Grupo Escolar e na Escola Municipal Getúlio Vargas, em Gurupá-PA. No Amapá ingressou no quadro de servidores da divisão de educação e lecionou em Igarapé do Lago, e posteriormente em Macapá, no Grupo Escolar Barão do Branco.
A professora Aspásia é irmã de três pioneiros do Amapá: o poeta Artur Nery Marinho (falecido), o esportista e fotografo Osmar Nery Marinho (falecido) e Áurea Nery Marinho.
Professora Aspásia Stela Marinho Alves, hoje (2012) aposentada, continua residindo em Macapá, cercada pelo carinho de seus filhos e netos.
Fonte: Texto de João Silva (com informações da família) especialmente adaptado para o blog Porta-Retrato.
Original publicado no blog do João Silva, sob o título PERSONALIDADE, em 30 de junho de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Foto Memória de Macapá: Pioneiros de Macapá

Trazemos para o Porta-Retrato foto compartilhada pelo amigo Luiz Pessoa, com imagens de um evento social e esportivo, no início dos anos...