terça-feira, 2 de maio de 2017

Foto Memória da Mineração Amapaense: Famosa "Rádio Cipó" de Vila Amazonas

Só meu amigo Floriano Lima, para ter sensibilidade e fotografar a famosa “Rádio Cipó”, em Santana.
A foto tirada por ele em 2014, foi compartilhada no Grupo de simpatizantes da ICOMI, no Facebook, pelo amigo João Roberto Pinto Gomes.
Eram aí que as noticias circulavam com  muita rapidez. 
O internauta Hilton Oliveira, comenta que existia um senhor com problemas mentais, de nome “Dá Gálho”, que praticamente morava na local. Hilton ressalta, que: “’Dá Galho’ era um personagem muito popular entre os moradores. Apesar do problema de comunicação, ninguém o importunava e sempre recebia alimentação dos funcionários do restaurante, que ficava às proximidades.”
O amigo Haroldo Pinto Pereira lembra que o famoso Ponto de Ônibus, situava-se em frente aos restaurantes Primário e Intermediário, na Vila Amazonas.
Ele conta que o ônibus apanhava os funcionários para irem para o escritório apos café e almoço. E completa dizendo que ele mesmo ficou inúmeras vezes, aguardando na “Radio Cipó”, pela condução.
Sônia Lima comenta que "muitos discípulos desse ligar fofocam até hoje!" 
Num comentário mais recente, Paulo Melo ex. Vereador de Santana, relembra que o local "era uma espécie de estação de encontro da chegada e saída daqueles que levavam orgulhosamente no peito a tão obcecada chapa da ICOMI." 
Um outro internauta Adm Paranhoz, exclama:  "Ah...!!! Rádio Cipó...se eu pudesse retransmitir suas eloquências...frutos proibidos e eletrizantes, de muitas essências, divinas e malvindas, de todas as espécies e peripécias, de vida e contos...DA VAM, DE SANTANA, DA ICOMI...NOTÍCIAS...!!!...DE TODOS OS TEMPOS...da esquina mais famosa, de VILA PISCINA...DO AUGUSTÃO...!!!"
Realmente, a "Rádio Cipó". era uma central de fatos/boatos, (hoje seriam fatos ou fakes), e disse-me-disses. "Era um lugar onde tudo se sabia, dos mexericos aos assuntos mais glamourosos da época." 
"Nossa internet da época", complementa o craque Antônio Trevizani, dos bons tempos do Santana Esporte Clube.
Diríamos, sem errar, que foi o ponto de maior movimento nos anos 60 até meados dos anos 70, na cidade industrial de Santana.  Por trás dela, havia um grande restaurante que se chamava ABC, que servia aos funcionários da classe primária e intermediária da ICOMI. Do outro lado eram os aposentos dos funcionários solteiros, compostos por mais ou menos uns duzentos alojamentos. Com isso já podemos imaginar o burburinho que era a antológica “rádio cipó’. Ela sempre foi pintada com a cor predominante da ICOMI. Os elementos em alvenaria, sempre foram brancos. "Quando tentaram meter um laranjão nela, os moradores não permitiram, porque seria trucidar com a história de um local, que pra quem não conhece, pensa que é um ponto de ônibus qualquer."
(Foto: Reprodução / Grupo  ICOMI - Portal de Altamir Guiomar)
A “Rádio Cipó” faz parte, dos anos dourados de Santana. Hoje revitalizada, nos faz lembrar o bons tempos de ICOMI, no Amapá.
Fonte: FACEBOOK
(Última atualização em 19/05/2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário