segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Foto Memória do Futebol Amapense - Juventus Esporte Clube

Temos hoje duas relíquias históricas para o fãs do Juventus Esporte Clube. 
A primeira, reproduzida do blog do João Silva, trás imagens de uma formação de 1963, com um dos timaços do Juventus.
No registro aparecem, da esquerda para a direita, em pé: Zé Elson, Círio, Mocinho, Curupira, José Maria e Magalhães;
Agachados, no mesmo sentido: Enildo, Joca, Timbó, Moacir Banhos e Praxedes.
Segundo João Silva, "o "Moleque Travesso" do Futebol Amapaense desapareceu das competições oficiais da FAD no início da década de setenta por causa de uma divergência entre os padres do PIME e o treinador Humberto Santos, que se uniu a outros esportistas e trouxe a Sociedade Esportiva e Recreativa São José de volta aos gramados amapaenses, já que a agremiação fundada por Messias do Espírito Santos estava licenciada."
Na segunda temos mais uma formação do Juventus Esporte Clube, que encontrei no "Repiquete no meio do mundo", o blog da amiga Alcilene Cavalcante. Ambas foram registradas no Estádio Glycério Marques, em Macapá.
Vemos a partir da esquerda: Mucuim, Otávio Nery, Bento Góes, Base, Haroldo Pinto e Dico.
Agachados: Camarão, Jangito, Jupati, Bené e Evilásio.

A nosso pedido o historiador Nilson Montoril fez a seguinte observação histórica:  "O Juventus Esporte Clube, de Macapá, pretendia disputar o campeonato Amapaense de Futebol usando camisas iguais ao do Juventus da Itália, alvinegras. Ocorre que o Amapá Clube tinha uniforme semelhante, espelhado no Botafogo de Futebol e Regatas do Rio de Janeiro, o que fez prevalecer a preferência do alvinegro amapaense. Foi, então, que o Chefe Humberto Dias Santos, um dos fundadores do Grupo de Escoteiros Católicos São Jorge, cuja cor do lenço era verde e vermelho, sugeriu que elas também fossem adotadas como cores do time de futebol. O verde e o vermelho são as cores de São Jorge, patrono do Exército Portugues. As cores de Portugal também são essas. A Portuguesa de Desportos, de São Paulo, fundada pela colônia lusitana são o verde e o vermelho."(Nilson Montoril - via Facebook)

Um comentário:

  1. Sou turcedor do Juventus, até hoje. Embora tenha vestido as cores do E. C. Macapá e Guarany, sendo campeão em ambos, nunca deixei de torcer pelo moleque travesso.
    Abços, Cléo Araújo.

    ResponderExcluir

Foto Memória de Macapá: Pioneiros de Macapá

Trazemos para o Porta-Retrato foto compartilhada pelo amigo Luiz Pessoa, com imagens de um evento social e esportivo, no início dos anos...