domingo, 24 de maio de 2015

Foto Memoria da Comunicação do Amapá: Jornal "Folha do Povo"

Pegando o gancho da matéria publicada ontem, aqui no Porta-Retrato, aproveito e trago hoje, um outro registro histórico, tendo nas imagens, alguns pioneiros que integravam o Partido Trabalhista Brasileiro-PTB, e fizeram circular, em Macapá, alguns periódicos  de oposição.
O historiador Nilson Montoril, em seu artigo intitulado “Persistência Jornalística”, destaca que “o desprendimento de Elfredo Távora e demais companheiros de lutas oposicionistas, tornou realidade o lançamento de um jornal feito em Macapá. O primeiro número circulou no dia 28 de maio de 1959, com o titulo de "Folha do Povo".
Na foto acima, temos reunidos a partir da esquerda: 
Senhores Raimundo Nonato Maia;  Elfredo Távora Gonsalves; 
Armando Lima; Renato Filgueiras Viana; Monteiro e Mário Barata
"A sede ficava na Av. Mário Cruz, entre as Ruas Cândido Mendes
 e Independência. 
O estado do imóvel era relativamente precário 
devido a sua estrutura ser de taipa. 
Elfredo Távora era o diretor responsável 
e Amaury Farias o redator. (...) "
A "Folha do Povo” circulou até o final de 1964."

Fontes: Nilson Montoril e Ernani Marinho

Leia o texto na íntegra aqui

Nota do Editor: Sr. Raimundo Maia foi nosso vizinho (defronte), 
quando morávamos na Av. Presidente Vargas, em Macapá.  
Era esposo da Dona Davina, conhecida como Dadá. 
Já o Sr. Mário Barata, que foi prefeito de Macapá 
de março de 1963 a abril de 1964, foi meu professor 
de Desenho, no Curso Ginasial na antiga Escola 
Normal de Macapá. (João Lázaro)


2 comentários:

  1. Lázaro: desculpe, amigo, mas a Folha do Povo nunca foi na Presidente Vargas e sim na avenida paralela, a hoje Mário Cruz, no perímetro indicado no texto.
    Ernani Marinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela observação amigo Ernani Marinho.

      Excluir