quinta-feira, 14 de junho de 2018

Foto Memória de Macapá: O pioneiro José Domingos dos Santos Filho (Seu Santos – Palito)

Hoje fazemos uma homenagem (em memória), muito justa, a um pioneiro que foi vizinho de quarteirão de nossa família, na Av. Presidente Vargas, em Macapá e um atuante servidor da Administração amapaense.
Falamos no Pioneiro José Domingos dos Santos Filho (Seu Santos), que nasceu em Belém/PA em 04 de maio de 1909, filho de José Domingos dos Santos e Zulmira de Carvalho Santos. 
Viveu sua infância e efetuou seus estudos na capital paraense.
Em 31 de março de 1932, contraiu matrimônio com Paulina Cândida do Nascimento que passou a chamar-se Paulina do Nascimento Santos; dessa união nasceram 8 (oito) filhos.
Seu Santos foi para Macapá em 1945, no início do Território, convidado por seu irmão Silvio Santos, que o mandou buscar para trabalhar como técnico em eletrotécnica nos municípios de Amapá e Oiapoque, indo mais tarde para Macapá trabalhar, inicialmente, como chefe da Força e Luz.
Também trabalhou como delegado/comissário de Polícia na Serra do Navio e depois como coordenador da Olaria Territorial, em Macapá.
Seu Santos, era uma pessoa bem magra, e em razão disso recebeu o apelido de “Palito”.
Ao se aposentar foi morar em Belém e retornou para Macapá nos anos 80, e lá ficou até seu falecimento em 25 de dezembro de 1989, com 80 anos de idade.
Seu corpo descansa em Paz, no jazigo da família no Cemitério Nossa Senhora da Conceição.
Com a morte do chefe da família, Dona Paulina ficou morando com os filhos, Guiomar, Anita e Guilherme. 
Seu falecimento acorreu dia 11 de fevereiro de 2005, aos 94 anos, em Belém e seu corpo voltou para Macapá onde foi sepultado, junto ao esposo, no Cemitério de Nossa Senhora da Conceição, no Centro da cidade, deixando saudades aos parentes, amigos e aos filhos: Guiomar, Ana, Guilherme, José, Carlos, Ademir, Jair e Paulo Santos.
Fonte: Informações de Paulo Santos, filho do biografado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário