sábado, 3 de setembro de 2011

O Pioneiro Antônio Cordeiro Pontes

(Reprodução de livro)
Antônio Cordeiro Pontes - Oriundo da tradicional família Pontes, no município do Amapá, nasceu no dia 21 de março de 1937, filho de Francisco Benício Pontes e D. Joana Cardoso Pontes, pecuaristas assentados na região dos Lagos. Muito inteligente, se dedicou aos estudos e, aos 19 anos, ingressou no serviço público, no quadro de diarista em 1º de março de 1956, exercendo a função de professor. Assumiu a chefia de Coordenação da Divisão de Educação no período de 7 a 15 de março de 1964; diretor da Escola Getúlio Vargas em 12 de junho de 1969; diretor do Ginásio Municipal de Santana em 2 de fevereiro de 1967. Pontes, além de professor, transformou-se em líder estudantil, conquistando a liderança jovem, pelos seus posicionamentos nos grêmios e foi neste diapasão que convenceram o jovem estudante e professor a ingressar na política partidária e se candidatar às eleições de Deputado Federal, em oposição ao Deputado Janary Gentil Nunes que pretendia a reeleição. O grande líder foi fragorosamente derrotado pelo jovem Pontes, contrariando todos os prognósticos, destruindo todos os sonhos dos janaristas. Após a posse de Pontes é que fomos descobrir que os pioneiros não eram a maioria dos eleitores; que a juventude tinha adquirido a sua individualidade, desgarrando-se do paternalismo. Os pioneiros choraram a derrota, mas reconheceram que o tempo tinha passado. Antônio Pontes casou-se com D. Benedita Raimunda de Mira Pontes e nasceram os filhos: Valério, Luiz Gustavo, Ana e Rodrigo. Foi reeleito Deputado Federal em 1974, 1978 e 1986. Ao deixar a Câmara, foi colocado à disposição do Ministério da Justiça. Dedicou-se a missão de evangelizar, revelando-se um grande e convincente, destacando-se com sua oratória. Antônio Pontes faleceu em Brasília, no dia 26 de abril de 2001.
Fonte: Livro "Personagens Ilustres do Amapá Vol. III", de Coaracy Barbosa - não impresso.

2 comentários:

  1. Olá, Joao. Sou filho do ex-deputado Antônio Pontes e fiquei muito feliz com sua iniciativa. Obrigado por incluir meu pai no seu blog, mas tem algumas informações que estão erradas nessa mini-biografia que vc fez. Caso vc tenha interesse posso passar pra vc mais detalhes e ajudá-lo a consertar os equivocos.
    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Valério, claro que tenho interesse sim.
      Por favor entre em contato comigo pelo
      e-mail jolasil@gmail.com.
      grato

      Excluir