sábado, 26 de maio de 2018

FALECIMENTO: Morre em Macapá, aos 84 anos, a Pioneira Corina Amoras de Araújo

Recebemos com pesar a notícia da morte na quinta-feira, 24 de maio, em Macapá, da professora e escritora aposentada Corina Amoras de Araújo.
A educadora foi diagnosticada com broncopneumonia e estava internada no Hospital São Camilo e São Luís, onde faleceu em decorrência da falência múltipla dos órgãos.
Professora Corina, era missionária e fundadora da Primeira Igreja Batista do Estado, escritora do livro História dos Batistas no Amapá, lançado em 2013. Também atuou em várias unidades escolares da capital amapaense. 
O corpo foi velado na Primeira Igreja Batista, na Av. FAB e o sepultamento ocorreu no final da tarde da sexta-feira, 25, no Cemitério Nossa Senhora da Conceição, no centro da cidade.
Natural de Amapá, Corina de Araújo nasceu no dia 26 de setembro de 1933, na localidade denominada Redenção no município de Amapá, pertencente ao estado do Pará, na época.  Era filha de Joaquim Marcelino Amoras e Maria Candelária Del Castillo Amoras, irmã da também professora e escritora Maria Helena Amoras dos Santos.
Professora Corina era pedagoga, especializada em Geografia e posteriormente formada em Administração Escolar pela Universidade Federal do Pará. Foi casada por trinta anos com Halliwell Justino de Araújo e deixa 5 filhos biológicos e 2 adotivos (Otoniel, Oneize, Ozimael, Onélio, Osiel, Deuzarina e Herlon), 15 netos e 5 bisnetos.
Foi docente das escolas Barão do Rio Branco, Colégio Amapaense, Escola Paroquial de Santana, Escola E. Augusto Antunes e iniciou seu magistério na comunidade de Campina Grande, área rural de Macapá. Foi diretora da Escola Estadual Azevedo Costa em 1978. Foi também membro da Associação dos Professores do Amapá – APA (hoje Sinsepeap).
Em 1995, mesmo aposentada, foi convidada a integrar o Conselho Estadual de Educação e, por um mandato de 2 anos, assumiu a Vice-presidência e posteriormente foi Secretária Executiva até 2005.
Nossas condolências à família enlutada.
Fonte: Correio Amapaense

Nenhum comentário:

Postar um comentário