terça-feira, 10 de abril de 2012

Memória do Comércio: Casa das Cordas

(Reprodução Jornal Amapá)
Foto extraída do Jornal Amapá nos mostra uma das casas mais sortidas do comércio de materiais de construção em Macapá, nas décadas de 50 e 60 - a Casa das Cordas - de Luis Pires da Costa & Cia.
A Casa das Cordas - um dos estabelecimentos comerciais mais antigos da Macapá de outrora - segundo registro do João Silva “vendia material de construção (prego, tinta, azulejo, fio elétrico, pia, lâmpada, vaso sanitário), além de utensílios domésticos em geral, tal como urinol, ferro de engomar, enceradeira, espanador, garrafa térmica e, corda, claro, muito procurada por donos dos barcos que atracavam na Doca da Fortaleza.”
“Com a morte do proprietário, o comerciante Luis Pires da Costa, assume os negócios da família, (...), um dos seus filhos, José de Matos Costa, o Zelito, misto de administrador e empresário. O registro deve ser do meado da década de sessenta nas instalações da Casa das Cordas. O comércio do senhor Luis Pires da Costa ficava na esquina da Avenida General Gurjão com a Rua Cândido Mendes, onde foi construído prédio da família," em frente a Farmácia e Drogaria Serrano e ao lado da Casa Fé em Deus - de Isaac Menaen Alcolumbre. 
(Foto reproduzida do blog do João Silva)
“No flagrante de mais de 40 anos aparecem José de Matos Costa, o Zelito (de óculos escuro), proprietário da Rádio e TV Marco Zero, por trás do balcão, bem na frente de duas “coisas” que sempre valorizou muito: o cofre e a registradora; do lado de fora do balcão, sentado, o inspetor Gerônimo (pai do médico Gilson Rocha), que atuou por muitos anos na polícia civil do Território do Amapá; o jovem de óculos escuros, ao lado, é o Jota Ney, que ainda não era radialista, no goso dos seus 22 anos de idade, segundo ele. Acho que os três estavam acertando um esquema para o final de semana na sede do Trem…”

Um comentário:

  1. Lembro que o Sr. Zelito vendia também lustres, louças, etc. Muita coisa de qualidade. Ele construiu um segundo pavimento e ainda reside la. abs

    ResponderExcluir