terça-feira, 24 de abril de 2012

Do Fundo do Baú!

(Foto compartilhada por Heraldo Amoras, via e-mail)
Esta foto(rara), pertencente ao acervo do amigo Marcos Farias dos Santos,  nos foi compartilhada por  Heraldo Amoras, filho dele.
O registro fotográfico, do início dos anos 60, foi realizado por ocasião de um jogo no campo da Praça Veiga Cabral, entre a seleção dos funcionários da USINA ELÉTRICA  e GARAGEM TERRITORIAL,  com o time dos marítimos do SERTTA Navegação do Amapá.
Seu Marcos, de camisa branca e de óculos, foi o orientador do jogo, mas ele não sabe informar o placar.
Dos integrantes do time conseguimos identificar apenas os seguintes:
Da esquerda para direita agachados: 2º Cadico; Flávio Guidão; 4º Carlito Oliveira (a confirmar); 5º Raimundo Brito e 6º Osvaldo Pinheiro.
No mesmo sentido em pé: 3º Manoel Mafra; 4º Mundico (goleiro) 8º (atrás do seu Marcos) Estevão Picanço e o 9º (último) José Flexa da Costa.
Os demais não conseguimos identificar. Mas, quem souber pode ( por favor ) nos informar via e-mail ( jolasil@gmail.com ) ou nas páginas de comentários, para completarmos a legenda.

5 comentários:

  1. Oi, o terceiro agachado é o meu avô! O maior centro-avante e pescador da história do Amapá: Flávio GUIDÃO. :)

    ResponderExcluir
  2. Ocilene Guidão da Silva15 de novembro de 2012 11:35

    Sou filha do Flavio Guidão, solicito fazer a correção do nome dele. Não é Quindão e sim Guidão. Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. É com tristeza que comunico o falecimento do meu pai MARCOS FARIAS DOS SANTOS ocorrido no dia 10-novembro-2014 às 9:20hs no hospital Amazônia em Belém do Pará, ele nasceu no dia 21-janeiro-1927 na cidade de Capanema-Pará-PA, faleceu nosso guerreiro e ex-servidor público do Amapá; foi fã do governador Janary Gentil Nunes que foi seu padrinho de casamento; ele está bem juntinho do nosso Deus criador; em julho deste ano de 2014 fiz um documentário com o mesmo e donde ele fala que tinha muitas saudades da turma da USINA, SUSNAVA e SERTA, mandou um grande abraço para os que ainda estão vivos, até parece que ele estava se despedindo para a viagem eterna, um beijão para meu Pai e agradecimentos a todos que nos enviaram e ainda nos estão enviando pêsames. Ele faz parte da história do Amapá-ÁP. Na foto acima é o que está de camisa branca de óculos, Abração.

    ResponderExcluir