quarta-feira, 4 de abril de 2012

Do Baú do João Silva

Por João Silva (*)
(Foto reproduzida do blog do amigo João Silva)
O registro foi feito pelo repórter fotográfico Horácio Marinho, da revista Placar, na década de setenta, e foi publicado na revista logo após a conquista do Copão da Amazônia, antes que Bira e Aldo trocassem o futebol amapaense pelo futebol paraense, onde brilharam intensamente no Remo e Paysandu, eles que mais adiante se transferiram para o Internacional de Porto Alegre e Fluminense, do Rio de Janeiro, onde também brilharam intensamente, sendo que Aldo por causa de uma contusão não foi convocado para a seleção brasileira de 82. Os troféus que aparecem diante dos filhos do mestre Erundino, de saudosa memória, foram conquistados em Porto Velho, e um deles, o maior, é o de campeão do Copão. Como pode ser ver facilmente a foto foi tirada no Estádio Glycério Marques vazio, numa segunda-feira, se não me falha a memória. A foto foi publicada no livro “Bola de Seringa”, do médico e jornalista Leonai Garcia que faleceu no final do ano passado em Belém do Pará. É pra matar a saudade da torcida azulina que viveu muitas glórias na fase áurea do futebol amapaense; da esquerda para a direita: Aldo, Assis, Bira, Marco Antônio, Haroldo Santos.
(*) Jornalista amapaense, comentarista esportivo e blogueiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Foto Memória de Macapá: Pioneiros de Macapá

Trazemos para o Porta-Retrato foto compartilhada pelo amigo Luiz Pessoa, com imagens de um evento social e esportivo, no início dos anos...