domingo, 29 de julho de 2018

Foto Memória do Rádio Amapaense: Júlio Sales - narrador de todos os esportes - também passou pelo Amapá

Júlio Sales, o narrador de todos os esportes, começou no rádio aos 13 anos de idade por curiosidade. 
É paraense de Belém, onde nasceu em 10 de julho de 1941.
Certa vez ele contou, numa entrevista, que a paixão pelo rádio começou por acaso: “Estava passando de ônibus em Belém e parei em frente à Rádio Marajoara. Eu nem ouvia a Rádio Marajoara. Eu só ouvia a Rádio Clube do Pará. Aí, desci, naquela curiosidade de jovem, entrei e vi o Ronaldo Passarinho, que era meu vizinho e sobrinho do ex-governador e senador do Pará e ex-ministro do Governo Federal, o Coronel Jarbas Passarinho, participando. Eu nem sabia que o nome daquilo era microfone. Aí, eu pedi a ele uma carona, naquele tempo não era carona, eu pedi pra ele me levar até em casa. Ele disse tudo bem. No caminho, eu criei coragem e pedi a ele: “Ronaldo deixa eu falar naquele negócio”, o negócio era o microfone. No outro domingo, ele me levou, eu participei”.
Júlio, que é pai de oito filhos, 15 netos e cinco bisnetos, deixou seu querido Pará em 1962, foi para Macapá, lá trabalhou por algum tempo na Rádio Difusora local e depois foi para o Nordeste onde se tornou um dos mais conceituados narradores da história do rádio cearense, e hoje, com 77 anos de idade, continua fazendo o que mais gosta, narrar futebol.
Com exceção do rugby e o futebol americano, ele já narrou tudo: natação, vôlei, basquete, futsal...
Júlio é tricampeão cearense como treinador de futebol de salão, campeão do Norte-Nordeste e vice-campeão da Copa Paulo Sarasate pelo glorioso Sumov Atlético Clube.
Fonte consultada: Blog de Mário Kempes

Nenhum comentário:

Postar um comentário